Confiram esta inusitada sentença sobre uma briga de duas mulheres por um homem.

Bem que caberia o versa: “Que pescar que nada …”